índice das matérias novidades e atualizações.

.
 Nossos Javalis Sus s. scrofa 36c.

ProcedênciaPureza RacialGaleria
Como Criamos
Considerações Manejo

A tradição da criação do Javali é muito antiga, mas sua racionalização e sua  regulamentação nos países mais adiantados é relativamente recente. A grande preocupação  se concentra na conservação da Pureza genética (*1) do gênero Sus Sc. Scrofa puro sangue  com 36 cromossomos de origem e com Fenótipo (*2) característico da raça.

(*1) PUREZA GENÉTICA 
O que é... e não é... Javali Sus Sc Scrofa. O aumento do número de criações de Javali, na maioria das vezes incorretamente conduzidos mediante cruzamentos indiscriminados com porcos domésticos, deu origem a animais impuros, mestiços, descaracterizando totalmente a origem da espécie. Muitos desses animais foram soltos na natureza em seu habitat de origem o que contribuiu para gerar animais selvagens adulterados tanto no aspecto físico assim como geneticamente.
Diante a esta situação, após varias pesquisas em 1981, a França foi a pioneira a definir o cariótipo como indicador conveniente e preciso para caracterizar a pureza genética do verdadeiro Javali Sus Sc Scrofa classificando-a assim;
36 cromossomos para o Javali Puro Sangue;
38 cromossomos para o porco doméstico;
37 ou 38 cromossomos para os mestiços e seus descendentes (dependendo do fenótipo)
A pureza genética tornou-se pois uma das condições exigidas pelos criatórios de Javali que visem critérios de qualidade, tanto na produção animal quanto mais no valor do comércio de sua carne.
IMPORTANTE: o controle cromossômico tem infelizmente seus limites; existem descendentes com 36 cromossomos, sem as mínimas características do fenótipo do verdadeiro Javali Sus Sc Scrofa, frutos de indivíduos e ou mestiços ou entre os descendentes de porcos domésticos.  
O cariótipo 36 cromossomos é um critério de pureza genética válido somente em nível de uma população e de muitas gerações (não em nível individual) onde todos os indivíduos possuem 36 cromossomos, ou forem de origem conhecida e controlada no mínimo há mais de 20 gerações.  
Outras técnicas explorando o polimorfismo bioquímico, a partir de amostras sangüíneas e exames de carne, infelizmente até hoje, ainda não isolaram um indicador com o mesmo poder de discriminação que o cariótipo.
(*2) FENÓTIPO
Eis as principais características e diferenças entre o Javali Selvagem 36c X porcos / mestiços.
CARACTERÍSTICAS JAVALI MESTIÇOS / PORCO
Corpo Compacto, achatado lateralmente, alto sobre as patas. O espaço entre os membros anteriores e posteriores esta mais para o quadrado. Paletas robustas, cernelha empinada, jarrete reto e a parte posterior estreita inclinada e mais baixa que a anterior.

Corpo cilíndrico, membros curtos e grossos, o espaço entre os membros anteriores e posteriores esta mais para o retângulo.

Cernelha baixa e larga, Garupa selada, horizontal, larga.

Cabeça

Em forma de cunha chanfro estreito, reto e longo de + de 22 cm da base dos olhos à ponta do focinho aos 2  anos.

Chanfro largo, côncavo, curto, focinho direcionado para cima.

Olhos Posicionados na parte alta da cabeça, estreitos entre si, pequenos e castanhos. Posicionados baixo, abertos, grandes, diferentes cores.
Orelhas Pequenas, pontudas e eretas. Grandes e caídas.
Focinho Cor escura. Cor despigmentada ou rosa.
Rabo Deve ser reto na vertical ou levemente curvo com penacho na ponta. Enrolado.
Pele Escura. Despigmentada ou rosa.
Pelagem Cor cinza ao preto, castanho ao marrom, escuro; pelos duros, ocos e bifurcados comp; 10-15cm formando uma crina nas costas. Cor branca, manchado de branco ou preto.
Cascos Escuros. Despigmentados, rajados e de cor clara.




Crânio Javali Javali

Porco / Mestiço

Crânio Porco Porco

 

Como Criamos

Manejo


Caixa Postal 24 - Cep 14230-000 - Serra Azul - SP - Brasil         (0xx16) - 651 4338    E-mail: jcprada@jcprada.com.br